Ford descarta retorno à Fórmula 1: “Não é relevante”

A Ford não vai voltar à Fórmula 1 tão cedo, com o diretor de desempenho Dave Pericak afirmando que isso “definitivamente não é relevante para o que estamos tentando fazer”.

Com a Fórmula 1 sob nova propriedade, existem alguns, como o novo chefe esportivo Ross Brawn, que esperam que a categoria possa atrair mais grandes marcas.

Entretanto, a Ford não será uma dessas.

“A F1 definitivamente não é relevante para o que estamos tentando fazer”, disse Pericak ao ‘Motorsport.com’. “Está muito distante disso”.

“É emocionante e é legal, mas definitivamente não é algo que podemos aplicar diretamente, ou muito útil de qualquer maneira, para o que estamos fazendo no dia-a-dia na Ford”.

“Eu só não nos vejo voltando para a Fórmula 1”.

A Ford competiu pela última vez na F1 sob a sua marca Jaguar, mas foi embora depois da temporada de 2004, vendendo a equipe para o que é agora a Red Bull Racing.