Force India garante ter orçamento para bancar seu ano na F1

A Force India diz que está forte financeiramente para pagar suas contas e manter a sua programação de desenvolvimento para 2016, apesar das especulações sobre a sua situação financeira.

A equipe manteve a marca Sahara em seu carro, apesar do coproprietário Subrata Roy continuar preso por irregularidades financeiras. Vijay Mallya também está envolvido em questões fiscais, mas continua plenamente envolvido na Force India.

O diretor operacional Otmar Szafnauer disse: “Somos uma equipe de F1, você sempre quer mais dinheiro. Mas temos um financiamento com o qual podemos pagar nossas contas e fazer os programas de desenvolvimento que planejamos, e realmente é isso que importa”.

Esta temporada é ainda mais complicada pelo fato de estar prevista a reformulação das principais regras para 2017, que resultará em alterações consideráveis nos carros, drenando recursos ao longo de 2016.

“Nós temos que planejar com cuidado o que investir para este ano e para o próximo ano”, acrescentou Szafnauer. “Se pararmos muito cedo, então talvez vamos diminuir o nosso potencial em 2016, em benefício de 2017, ou vice-versa”.

“Se ficar com o desenvolvimento de 2016 muito longo, então será à custa de como começamos 2017, por isso temos que encontrar esse equilíbrio”.