Force India abandona desenvolvimento do carro de 2016 e foca em 2017

A Force India transferiu a maior parte de seus recursos para o carro de 2017 e agora pretende se concentrar em extrair o máximo de seu pacote atual.

“Como acontece com todos, a mudança já começou, mas não creio que vamos investir muito mais esforço neste carro”, declarou Bob Fernley, vice-diretor da equipe, ao site da revista britânica ‘Autosport’. “Podemos extrair mais performance da configuração atual”.

Ao ser questionado se a transferência da maioria dos recursos já ocorreu, Fernley respondeu: “Sim, mais ou menos. Precisamos desenvolver o que temos”.

“A oportunidade para o próximo ano é um conjunto de regras totalmente novas e uma ótima chance para a equipe de projeto incrivelmente boa que temos. Você certamente não quer abrir mão da oportunidade de começar do zero no próximo ano”.