FIA vai investigar quebra do assento de Alonso

A FIA está investigando o acidente espetacular de Fernando Alonso em Melbourne, com fontes internas dizendo que o espanhol teve sorte ao sobreviver.

Um relato do jornal italiano ‘Corriere della Sera’ revelou que a investigação da federação teve início depois da revelação de que o assento de Alonso quebrou quando seu carro da McLaren-Honda capotou na caixa de brita do Albert Park.

De acordo com as alegações, o assento de fibra de carbono quebrou na altura dos ombros de Alonso por causa das forças superiores a 46 G, o que provocou a investigação da FIA.

O relato afirmou que a nova câmera ultra slow-motion voltada para trás que se tornou obrigatória em 2016 será fundamental no estudo.

E o’Corriere della Sera’ concluiu: “Se o chassi da McLaren-Honda puder ser reparado para o Bahrain, Alonso terá um novo motor instalado porque o da Austrália sofreu danos significativos”.