FIA formaliza alteração no formato do treino classificatório

A FIA confirmou que o formato de classificação por eliminação foi cancelado após dois GP’s. A Fórmula 1 irá reverter para o sistema de classificação do ano passado, com efeito imediato.

“O Conselho Mundial de Automobilismo aprovou hoje, via voto por e-mail, a decisão de reverter para o formato de classificação da temporada passada para o restante do campeonato de 2016”, anunciou a FIA em nota.

“O formato, onde os seis carros mais lentos são eliminados no final das duas primeiras sessões de classificação antes de uma eliminatória final de dez carros pela pole no Q3, vai voltar para este fim de semana do GP da China”.

A proposta de classificação por eliminação foi aprovada duas semanas antes do início da temporada, mas foi muito criticada após realização no GP da Austrália. O sistema voltou a falhar depois de ser utilizado novamente no Bahrain.

Com as equipes de F1 unânimes em seu desejo de voltar ao sistema anterior, a FIA concordou eventualmente na substituição.

O formato de classificação de três segmentos foi introduzido pela primeira vez no início da temporada de 2006. No entanto, a FIA anunciou na semana passada que Jean Todt, Bernie Ecclestone e as equipes de F1 estão discutindo “uma avaliação global do formato do fim de semana para 2017”.