FIA estuda adotar carro de segurança sem piloto

A Fórmula 1 pode adotar um carro de segurança sem piloto no futuro como parte de um esforço para promover a tecnologia autônoma, revelou a FIA.

Os membros do governo do espote a motor estão determinados em garantir que os pilotos continuem a ser um elemento-chave da atração da F1, mas discutiram como poderiam implantar carros sem pilotos através de outros elementos.

Marcin Budkowski, chefe do departamento técnico da F1 da FIA, sugeriu que um carro de segurança sem piloto seria uma boa maneira de provar os avanços automotivos sem prejudicar o espetáculo.

“Deixe-me dar-lhe um exemplo, mas não é o único: falamos sobre um carro de segurança não tripulado”, disse Budkowski ao site ‘Autosport’.

“Promoveria uma tecnologia sobre a qual há um pouco de ceticismo e, em vez disso, pode ser mostrado que funciona”.

“O piloto do carro de segurança não seria mais essencial porque deixaria os controles para o computador. Mas devemos estar cientes da atração de carros de corrida (da F1) sem pilotos: os engenheiros adorariam, mas não os fãs”.

Budkowski foi recrutado para a FIA, depois de anos trabalhando para a McLaren e a Ferrari, para ajudar a formular planos para adaptar as corridas da categoria às futuras tecnologias.