Ferrari tem problemas chave para consertar, diz Sebastian Vettel

Sebastian Vettel acredita que a Ferrari deve enfrentar três problemas chave, para garantir que não sofra outra derrota completa nas mãos da rival Mercedes.

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas conquistaram o GP da Espanha nas duas primeiras posições, enquanto Vettel terminou fora do pódio, depois que um segundo pit-stop atrasou o alemão na pista. O colega Kimi Raikkonen, que vinha de uma troca de motor, abandonou a prova após problemas mecânicos, fechando o dia da Ferrari. Maurizio Arrivabene, chefe da equipe, disse que foi “um fim de semana no qual nada deu certo”.

“Não fomos rápidos o suficiente. Então, se não formos capazes de ver isso, então estamos mais do que cegos, porque não tivemos o ritmo no primeiro período”, disse Vettel.

“Segundo, acho que lutamos um pouco ao longo do fim de semana com os pneus. Eles (Pirelli) mudaram, mas mudaram para todos, então nossa ambição tem que ser melhor, e não pior do que todos”.

“Em terceiro lugar, acho que foi um fim de semana ruim em termos de confiabilidade. Kimi teve um problema com o motor (após a mudança sexta-feira) e, obviamente, se retirou na corrida. Se não vemos essas (três coisas), então não há desculpas”, resumiu o alemão.

Após um início de temporada conturbado, a Mercedes já apresenta um melhor desempenho, a exemplo na Espanha, onde a Pirelli trouxe um pneu ligeiramente revisado para aliviar a formação de bolhas na pista. Vettel diz que a Ferrari não pode ainda confiar na mudança de forma do carro, que não se adequa ao circuito ou aos pneus.