F1 muda e novo sistema de classificação deve ser implementada no GP da Austrália

A Fórmula 1 acertou os planos para um novo sistema de classificação, com o formato revisto pronto para ser adotado na abertura da temporada no GP da Austrália.

O formato de classificação de estilo eliminação votado pela Comissão de F1 será aplicado, mas apenas para as duas primeiras partes da sessão, depois de novos debates. O Q3 permanecerá o mesmo, mas contará com apenas oito pilotos, em vez de dez, como acontecia anteriormente.

Os Q1 e Q2 vão durar 16 minutos cada e depois de sete minutos os pilotos começarão a serem eliminados em intervalos de 90 segundos. O que deixará oito pilotos para lutar pela pole durante 12 minutos para garantir o drama no final do última parte.

Quando a ideia foi apresentada pela primeira vez, os aspectos complexos de como funcionava não estavam claros e recebeu uma resposta morna dos pilotos.

Bernie Ecclestone havia dito que não podia ser introduzido até o GP da Espanha por causa das complexidades da mudança do software.

Mas acredita-se que uma solução foi encontrada para permitir que o formato revisto seja introduzido em Melbourne e evitar que os fãs fiquem confusos com a mudança durante a temporada.

O novo formato ainda precisa da aprovação do Conselho Mundial de Automobilismo da FIA.