F1 discute chance final para melhorar ultrapassagens em 2019

As prováveis mudanças aerodinâmicas, para aumentar o número de ultrapassagens em 2019, serão o tópico principal a ser debatido na reunião desta terça-feira (17), no Grupo de Estratégia da Fórmula 1, em Paris.

Em teoria, o prazo para qualquer alteração no regulamento técnico para 2019 é 30 de abril, embora mudanças possam ocorrer caso escolhidas com unanimidade entre as equipes da F1. Entretanto, alterações não são bem-vindas pelos times, que expressam preocupação com o tempo e os custos em potencial.

“A questão é que qual é a estratégia por trás disso. É apenas para ultrapassar, e é uma reação instintiva depois da Austrália (corrida com poucas ultrapassagens)?”, disse o diretor de corridas da McLaren, Eric Boullier.

Um time de pesquisadores, que trabalha sob o pacote de regras de 2021 da F1, também tem ajudado o chefe técnico da FIA, Nicolas Tombazis, a investigar o que poderia ser feito para haver mais ultrapassagens.

A pesquisa indicou que, mudanças poderiam ser realizadas nas asas dianteiras dos carros, assim como um aumento da aba de asa traseira, para um maior e mais potente uso do DRS.

Mas o diretor de corridas da McLaren, teme que as equipes possam ser forçadas a várias mudanças nas próximas três temporadas e diz: “Se mudarmos os regulamentos, isso é muito caro, e eu não acho que é aí que precisamos estar quando falamos de sustentabilidade e redução de custos”.

Andy Green, diretor técnico da Force India, acredita que já é tarde demais para fazer grandes mudanças e antecipa que as regras permanecerão do jeito que estão: “É praticamente inconcebível reescrever os regulamentos técnicos em meados de abril para o ano seguinte”, disse Andy Green.

Uma resposta para “F1 discute chance final para melhorar ultrapassagens em 2019”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *