Esteban Gutierrez arriscou sua carreira ao ser reserva na Ferrari

Esteban Gutierrez sente que assumiu o maior risco de sua carreira se juntando a Ferrari como piloto reserva.

Gutierrez perdeu seu assento de corrida na Sauber no final de 2014 depois de dois anos difíceis com a equipe e passou 2015 como reserva da Ferrari.

Consciente de que ele estaria fora dos holofotes da Fórmula 1 e abaixo de Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen na hierarquia da Ferrari, o mexicano entendeu que outra oportunidade de corrida não viria por algum tempo, talvez para sempre.

Reviravolta na carreira de Esteban Gutierrez

Mas Gutierrez retorna à pista nesta temporada, com a recém-chegada Haas, e aliviado que sua jogada valeu a pena.

“Eu assumi o maior risco da minha vida, provavelmente”, disse Gutierrez. “Mas, na vida, às vezes você precisa correr esses riscos e nunca ter medo. E eu nunca tive medo”.

“Estava ciente do risco que tomei, mas também do fato de que tinha a oportunidade. Foi também sobre a Ferrari me aceitar na sua equipe”.

Os mentores dentro da Ferrari

Gutierrez acha que um ano de observação do trabalho de Vettel, Raikkonen e Ferrari foi extremamente valioso.

“Algo que realmente gosto, e sempre gostei durante toda a minha carreira, é observar e aprender as coisas boas de outras pessoas”, disse ele. “Foi realmente crucial. Isso me deu uma grande oportunidade de ver as coisas de uma perspectiva diferente”.