Esperanças do título não acabaram para Vettel

Lewis Hamilton acredita que seu rival ao título, Sebastian Vettel, não pode ser descartado da briga pelo campeonato.

Em Cingapura, quando ele estendeu sua série de vitórias na temporada, Hamilton abriu vantagem de 28 pontos sobre Vettel, ex-líder do campeonato.

Niki Lauda, lenda da F1 e presidente da equipe Mercedes, pensa que o acidente logo na largada no domingo custou caro para o alemão.

“28 pontos não são ruins para nós”, disse Lauda à ‘Auto Motor und Sport’.

“Até agora, era sempre dois ou três pontos para um ou outro. Mas 28 é mais confortável.

“Eu diria que esta foi uma pequena decisão preliminar”, admitiu.

O britânico Hamilton, no entanto, não pensa assim.

Ele foi citado pelo jornal ‘Bild’: “Começando, temos o Japão, onde você precisa de muita força aerodinâmica, de modo que definitivamente não será nosso circuito mais forte.

“No Brasil, os outros também serão fortes e, no México, as equipes com maior força aerodinâmica podem ter vantagem”. acrescentou Hamilton.

“Honestamente, acho que será muito próximo. É difícil prever”, disse ele. “Nós descobriremos quando chegarmos lá”.