Eric Boullier: “Alonso seria um tolo se deixasse a McLaren”

Fernando Alonso seria “tolo” se saísse da McLaren-Honda quando seu contrato atual terminar em 2017, de acordo com Eric Boullier, diretor de corrida da equipe de Woking.

“Não podemos fornecer um prazo exato”, declarou Boullier ao site da revista ‘Autosport’. “Nas corridas, você não pode dizer ‘seremos campeões mundiais em três anos’. A pessoa que diz isso está errada”.

“Você pode dizer ‘seremos campeões mundiais entre três e cinco anos’. Com isso, eu concordo, mas é impossível dizer que seremos campeões mundiais em 2017. Ele (Alonso) seria tolo se decidisse sair após três anos”.

Boullier admite que Alonso, de 34 anos, e Jenson Button, de 36, não têm muito tempo para lutar por outro campeonato mundial antes do fim de suas respectivas carreiras na Fórmula 1, e não podem aceitar que a velocidade do progresso da McLaren-Honda diminua.

“Com certeza eles têm essa preocupação, mas a chave é ser o mais transparente possível, assim pelo menos eles sabem onde estamos”, disse Boullier. “Eles sabem o quanto nós progredimos, e creio que podem ver esse progresso. Até agora, não estamos muito preocupados com o fim da janela”.