Em meio a crise financeira, Sauber quita salários atrasados

A Sauber pagou o restante dos salários de fevereiro de seus funcionários e com certeza irá participar do GP da Austrália, abertura da temporada 2016.

Problemas de fluxo de caixa impediram a equipe suíça de pagar todos os salários do mês passado.

Entretanto, a equipe confirmou na quarta-feira que encontrou uma solução garantindo o pagamento a todos os seus funcionários.

É um período do ano particularmente difícil em termos financeiros para todas as equipes da Fórmula 1, e as competidoras independentes são as que mais sofrem.

Junto com mais duas equipes, a Sauber pediu um adiantamento de seus pagamentos do campeonato no ano passado a Bernie Ecclestone.

A organização suíça precisa de mais dinheiro, e comenta-se que está em negociações avançadas para garantir um patrocinador principal, mas o contrato ainda não foi assinado.