Em Cingapura, Massa desabafa: “Williams precisa mostrar que me quer aqui”

O brasileiro Felipe Massa está ansioso para ficar na F1 em 2018, mas quer que a Williams demonstre interesse em mantê-lo para a próxima temporada.

Massa tinha planejado sua aposentadoria na F1 no fim de 2016, mas voltou à ação quando Valtteri Bottas transferiu-se para o lugar de Nico Rosberg na Mercedes, deixando um assento vaga na Williams ao lado do estreante Lance Stroll.

“Com certeza, estou interessado em ficar se achar que tudo está correto para eu ficar: o time, quais são os planos da equipe, quais são as ideias para o próximo ano, o que está em torno disso”, disse Massa quando perguntado sobre seu futuro.

“E a equipe precisa mostrar que me quer aqui. Se eu ver isso, talvez eu permaneça. Se não ver isso, não ficarei”.

Com o mercado dos pilotos se moldando nas últimas semanas, há poucos candidatos óbvios que podem substituir Massa na Williams, se a equipe buscar uma alternativa – e é uma afirmação que Massa concorda.

“Eu sinto o mesmo. Sinto exatamente na mesma posição”, disse Massa.

“Mas não é apenas por conta disso. Como eu disse, quero ter tudo do jeito que acredito que seja correto para mim”.