Ecclestone minimiza possibilidade de GP em Las Vegas

Bernie Ecclestone rejeitou os últimos relatos sobre Las Vegas potencialmente se juntando ao calendário da Fórmula 1 num futuro próximo.

A especulação de que a F1 possa sediar mais corridas nos EUA muitas vezes fez parte das conversas, mas a última palavra de Las Vegas foi que um evento na cidade é mais do que apenas uma fantasia.

No entanto, a alemã revista ‘Auto Motor und Sport’ agora cita Ecclestone dizendo: “Os americanos falam muito, mas nada acontece”.

O britânico também deu uma cotação alarmante sobre o futuro do GP do Brasil, dizendo sobre a corrida em Interlagos: “Pode ser que este ano seja a última”.

Mas os organizadores do evento no Brasil já refutaram Ecclestone: “A verdade é que não há condição legal para quebrar o contrato com a empresa promotora do evento, que vai até 2020”.

Há uma melhor notícia sobre o futuro incerto do GP da Alemanha, apesar de Ecclestone dizer não muito tempo atrás que o país poderia ficar fora do calendário de 2017.

Mas ele já declarou: “Eu posso imaginar que tenha uma corrida em 2017”.

Há rumores de que o próprio Ecclestone irá promover uma corrida alemã no próximo ano, e talvez também que resgate o GP da Itália em apuros.

Mas Ecclestone minimizou os rumores sobre a Argentina e África do Sul.

“Eu tenho medo que eles (Argentina) não tenham o dinheiro”, disse ele. Quanto à África do Sul: “Seria bom, mas Kyalami é muito pequeno para nós”.