Ecclestone: Fórmula 1 já tem preço de venda definido

Bernie Ecclestone diz que pelo menos duas das partes interessadas acertaram com um preço de compra da F1, mas que pode abaixar se a CVC Capital quiser vender.

A CVC atualmente detém o controle acionário de 35% na categoria, mas tem havido especulações nos últimos meses que ela está pronta para vender. Em junho passado, foi relatado que o dono do Miami Dolphins, Stephen Ross, fez uma oferta de 7 a 8 bilhões de dólares com a Qatar Sports Investment, enquanto também houve rumores de interesse da China, embora não tenha havido nada confirmado de ambos.

Ecclestone, detentor dos direitos comerciais, sugere que há conversações com várias partes em estágios avançados e que o ônus está agora com a CVC.

“Eu acho que a CVC irá tomar uma decisão sobre a venda mais cedo ou mais tarde”, disse Ecclestone. “Há pessoas que querem comprar. Na verdade, duas das pessoas já concordaram com o preço. É apenas uma questão de saber se a CVC quer vender ou não”.

A notícia vem em um momento em que “a governança mal estruturada e obsoleta” da F1 tem sido criticada por pilotos após o fracasso do novo formato de classificação e da incapacidade de chegar a um consenso antes do GP do Bahrain. Ecclestone não acha correto dizer que uma mudança de dono vá resolver todos os problemas da categoria.

“Você não sabe o que vai acontecer até que alguém compre e você veja quem eles são. Como você sabe se vai dar tudo certo com eles?”

  • Juarez Angelini

    Só sei que o Palmeiras não tem mundial