Dupla da Ferrari quer deixar Lewis Hamilton pressionado durante a corrida

Sebastian Vettel espera que ele e o seu companheiro Kimi Raikkonen possam usar a vantagem de dois carros fortes para colocar Lewis Hamilton sob pressão no GP da Grã-Bretanha.

O piloto da Mercedes conquistou a pole em casa, com meio segundo de vantagem para o finlandês da Ferrari, enquanto o alemão foi o terceiro colocado.

Valtteri Bottas, enquanto isso, classificou-se apenas em quarto, mas cairá para nono no grid por conta de uma troca de caixa de câmbio, deixando Hamilton sozinho na frente contra a dupla da Ferrari.

“Sempre há uma oportunidade, então veremos”, disse o líder do campeonato Vettel em suas previsões sobre superar Hamilton.

“O objetivo é colocá-lo sob pressão, ele tem sido certamente muito competitivo durante todo o fim de semana, porém, eu acho que este foi um dia positivo para nós”.

Em sua última volta no Q3, na qual foi dada atrás de Raikkonen, Vettel teve problemas para aquecer seus pneus e comentou: “Eu fiquei um pouco comprometido, no primeiro setor especialmente.

“Os pneus não estavam da maneira que deveriam estar, eles (Ferrari) deveriam ter visto isto na volta de aquecimento que fiquei um pouco no tráfego, no meio de três ou quatro carros.

“Este não é o resultado ideal, mas de qualquer modo é descente. O mais importante é que o carro é bom, melhoramos para hoje e também amanhã deverá estar ainda melhor”.

Raikkonen ecoou os comentários de Vettel e acredita que a Ferrari pode pressionar no ritmo de corrida.

“Eu não sei exatamente quão longe ficamos da primeira posição, mas posso adivinhar onde perdemos tempo”, disse Raikkonen.

“Nós temos um bom carro, obviamente não é rápido o suficiente (em uma volta), mas para a corrida acredito que possamos desafiá-los e dar a ele um sufoco com nós dois aqui, então tentaremos fazer o melhor que pudermos”.