Dispensado pela Renault, Maldonado é homenageado pela equipe

A Renault homenageou Pastor Maldonado, agradecendo-o por “dois anos de leal serviço”, depois de o venezuelano perder sua vaga com a equipe antes da temporada 2016.

Maldonado juntou-se à Lotus vindo da Williams para 2014 e foi confirmado como companheiro do campeão da GP2 Jolyon Palmer para 2016 antes da Renault completar a aquisição da equipe.

A patrocinadora da Maldonado, a petrolífera estatal venezuelana PDVSA, falhou em chegar a um acordo com a Renault sobre os pagamentos do patrocínio, e a equipe decidiu contratar Kevin Magnussen como seu substituto.

A Renault então agradeceu Maldonado publicamente por seus serviços.

Agradecimento a Pastor Maldonado

“Depois de dois anos de lealdade, gostaríamos de dizer um amoroso adeus e obrigado a Pastor Maldonado”, postou Renault em seus canais nas mídias sociais nesta sexta-feira.

“Enquanto sua performance na pista foi alvo de discussões por muitos fãs e críticos, curtimos trabalhar com um cara brilhante, amigável e extremamente engraçado que conquistou todos na equipe”.

“Ele forçou tudo para tirar o máximo do seu carro”.

“Muito obrigado por dois anos de diversão. Sentiremos sua falta!”

Maldonado espera retornar ao grid da Fórmula 1 em 2017.