Dia 5 – Barcelona: Nico Rosberg termina terça-feira na frente

Nico Rosberg ditou o ritmo no primeiro dia da segunda e última semana de testes da pré-temporada no Circuito da Catalunha, em Barcelona, apesar da Mercedes novamente usar pneus mais duros do que seus rivais mais próximos.

Rosberg cravou sua melhor volta em 1:23.022 nos pneus macios, dois décimos mais rápido do que o piloto da Williams, Valtteri Bottas, que usou pneus ultramacios.

Fernando Alonso, restrito a somente três voltas no último dia da semana passada, teve um dia muito mais tranquilo, apesar de para logo antes do almoço.

Apesar de ser mais de um segundo e meio mais lento do que o líder Rosberg nos mesmos pneus, o espanhol superou a distância de uma corrida.

Kimi Raikkonen seguiu na Ferrari, um décimo atrás de Alonso, tendo parado no final do pit-lane à tarde e perdendo bastante tempo de pista.

Daniil Kvyat, da Red Bull, foi outro que enfrentou problemas, retornando aos boxes depois de uma nuvem de fumaça, com a equipe forçada a trocar um duto de freio do seu carro.

Kvyat terminou o dia só dois centésimos à frente de Lewis Hamilton, que assumiu o carro de Rosberg à tarde – ambos os pilotos da Mercedes completaram quase 100 voltas.

Max Verstappen, Felipe Nasr e Nico Hulkenberg usaram os pneus macios na fase final, mas terminaram mais de dois segundos atrás em sétimo, oitavo e nono, respectivamente.

O piloto da Renault, Kevin Magnussen, também usou os pneus macios de faixa amarela, mas cravou seu melhor tempo muito mais cedo no dia, e parou na pista nos 15 minutos finais.

Esteban Gutierrez completou apenas 23 voltas na pista em mais um dia desafiador para a nova Haas, a equipe teve seu dia encurtado por um problema no sistema de combustível.

Rio Haryanto, da Manor, foi outro que encontrou problemas técnicos, sofrendo com um vazamento de óleo logo cedo, e terminou o dia em último, quase cinco segundos atrás do líder.

Os testes de pré-temporada da Fórmula 1 continuam nesta quarta-feira em Barcelona.