“Desafiadora”, assim definiu Nasr a corrida em Cingapura

Felipe Nasr (Sauber) –  13º lugar

“Foi uma prova desafiadora. Na largada, tivemos um pouco de azar, pois um carro bateu nas barreiras do lado do grid em que larguei. Perdi duas posições por causa disso. Terminar em 13º foi uma boa recuperação, considerando que larguei em 16º. Em geral, a estratégia de duas paradas funcionou, e creio que este resultado era o máximo possível hoje. Agora, estou ansioso pela próxima etapa na Malásia.”