Decepcionado, Hamilton declara: “Quando você se ferra é doloroso”

Lewis Hamilton demonstrou toda sua decepção depois dos ‘imprevistos’ que lhe custaram a possibilidade de vencer o GP do Bahrain: “Quando você se ‘ferra’, é doloroso”.

Hamilton perdeu uma posição para Sebastian Vettel na largada, caindo para o terceiro lugar na primeira perna, antes de receber uma penalidade de tempo de cinco segundos por segurar Daniel Ricciardo no pitlane durante sua parada nos boxes.

Esses contratempos foram cruciais na decisão da corrida já que Hamilton terminou 6.6 segundos atrás do alemão da Ferrari.

“Acho que ao longo dos anos nada mudou e ainda sinto dor em meu coração(com o segundo lugar)”, disse Hamilton. “As pessoas dizem ‘você terminou em segundo lugar, deve estar satisfeito’, mas não é por isso que nós lutamos. Se alguém pensa que um piloto, ou eu, deve estar feliz com o segundo, lamento dizer, mas não é pra isso que nós vivemos.”

“Claro que hoje, assim como quando fiquei em segundo antes (Austrália), tivemos uma boa luta e eu me senti bem no pódio, mas depois você pensa sobre certas coisas. Eu perdi dois décimos da curva 10 para a 11 porque o DRS não abriu na classificação e perdi meio décimo na última curva, então eu estaria facilmente na pole”.

“Perdi uma posição na largada por falha minha, e então perdi o tempo em conta da punição no pitlane”, acrescentou o inglês.

“Na Austrália, não me lembro de ter sido uma grande falha minha, acabamos por ficar sem pneus e tivemos que parar nos boxes – foram as circunstâncias que enfrentamos, mas hoje havia certas coisas que, se fossem perfeitas, eu estaria em uma posição muito melhor para lutar pela vitória e eu não me coloquei nessa posição”.