Daniil Kvyat critica maneira como Red Bull gerencia seus pilotos

Daniil Kvyat sugeriu que há muita política acontecendo nos bastidores de sua antiga equipe na Fórmula 1, a Red Bull Racing. O russo foi enviado de volta à Toro Rosso antes do GP da Espanha, depois que a Red Bull escolheu promover Max Verstappen: o holandês acabou vencendo a prova.

Falando sobre a decisão, Kvyat disse: “A Fórmula 1 não é apenas o que você faz na pista. Há muita coisa acontecendo por trás das pistas, mas eu não quero discutir isso em uma entrevista agora. Eu vou guardar para mim. Eu aprendi um pouco mais e eu tenho uma memória muito longa. Eu vou lembrar desta decisão deles”.

“Agora estou com a Toro Rosso, equipe da qual eu gosto muito e parece que há um sentimento mútuo. Parece que temos um grande potencial e apesar de tudo, este pode ser um passo muito bom para a minha carreira”, prosseguiu o piloto, que via como “tendência” a sua saída da Red Bull.

“De alguma forma, você sempre sabe que há algo no ar. Desde que entrei para a Red Bull, havia um pouco de tendência, conversas. Eu estava apenas focando o trabalho na pista, mas como ficou provado, isso não foi suficiente. Mas em Sochi, eu não tinha ideia. Foi um choque. Foi apenas uma decisão confusa no momento”, comentou.

“Eu tive alguns bons dias pensando na vida. Eu aprendi muito sobre a vida e sobre a F1. Eu sinto que isso me tornou uma pessoa e um piloto muito mais forte, porque a F1 não é apenas o que você faz na pista, infelizmente”, concluiu.

  • Lim Pah chan

    daniel podes ate sair da red bull , mais bons tempos viram podes ter certeza. teu dia vai chegar para brigar por campeonatos pois tens uma boa geração.