Daniel Ricciardo revela irritação com as bandeiras amarelas

Daniel Ricciardo diz que se sentiu “irritado” dentro do cockpit depois de bandeiras amarelas estragarem sua volta final no treino classificatório para o GP da Hungria.

Ricciardo foi um dos pilotos que perdeu sua volta quando Fernando Alonso rodou na Curva 9 depois da bandeira quadriculada no Q3.

O australiano da Red Bull, ainda assim, fez o suficiente para ser o terceiro, atrás dos pilotos da Mercedes, Nico Rosberg – que melhorou sob bandeira amarela – e Lewis Hamilton.

“Nós fomos prejudicados pelas bandeiras amarelas”, disse.

“Eu fiquei bem irritado naquela última volta, porque eu estava um pouco melhor, e acho que teria ficado próximo da pole. Teria sido interessante sem a bandeira amarela”.

“Estou um pouco desapontado, por conta do que poderíamos ter feito, mas ao mesmo tempo, eu acho que a sessão foi realmente boa. Em todas as condições fomos competitivos”.

“Foi loucura, sabe, você tinha que se adaptar rapidamente”.