Comissários aceitam explicações e Kvyat escapa de punição

Os comissários do GP de Mônaco liberaram Daniil Kvyat para largar da oitava posição no grid, depois de a Toro Rosso ser pega com um dano no assoalho na inspeção pós-treino classificatório.

A Toro Rosso de Kvyat passou por uma inspeção na qual verificou-se que a deformação do assoalho sob pressão era maior do que o permitido.

A Toro Rosso conversou com os comissários, que aceitaram o ponto de vista da equipe que um impacto nas zebras reduzirou o downforce, levando o piloto a ser mais lento no Q3 do que no Q2.

“Apesar de tecnicamente o carro não ter sido aprovado na inspeção, os comissários decidiram não impor qualquer punição”, diz um comunicado enviado pelos comissários. “No entanto, a equipe passará por mais testes e esta futura falha nos testes não resultará na mesma decisão”.