Comissários decidem por nenhuma ação no incidente Stroll/ Vettel

Os comissários do GP da Malásia decidiram não adotar nenhuma ação pós-corrida no incidente entre Lance Stroll e Sebastian Vettel.

O incidente ocorreu na volta de desaceleração quando Vettel, que terminou a corrida em uma boa quarta posição tendo largado em último no grid, bater na Williams de Stroll na Curva 5.

O carro do canadense escapou de danos, porém o carro do alemão teve o pneu traseiro esquerdo arrancado do carro.

Depois de examinar as evidências de vídeos, os comissários determinaram que nenhum dos pilotos deveria ser considerado culpado “total ou parcialmente”.

“Na aproximação da Curva 5 durante a volta de desaceleração após o final da corrida, o Carro 18 (Stroll) estava em direção ao meio da pista, o Carro 8 (Grosjean) estava vindo por trás no interior do carro 18 e ao mesmo tempo, o Carro 5 (Vettel) ultrapassou o carro 18 por fora e, ao fazê-lo, virou ligeiramente para o ápice da Curva 5”, diz o comunicado oficial da FIA.

“Simultaneamente, o carro 18 estava se afastando do ápice. Isso resultou em um contato entre o pneu traseiro esquerdo do Carro 5 e o pneu dianteiro direito do carro 18.”