Com o motor Renault, Alonso acredita em briga com Hamilton pelo título de 2018

Faltando ainda dois Grandes Prêmios pela frente com a Honda, Fernando Alonso já está ansioso pelos testes de pré-temporada do próximo ano.

Falando para a rádio espanhola ‘Cadena Ser’ ele se disse “aliviado”. A era McLaren-Honda está finalmente acabando, e já viu um prova do que poderia ser o próximo ano depois do duelo com o tetra-campeão Lewis Hamilton nas voltas finais do GP do México.

“Eu gostaria de continuar a briga com ele e forçando”, disse Alonso, que levou o título pela última vez em 2006.

“Posso desafiar os tetra-campeões Hamilton e Vettel? Eu vou tentar”, acrescentou o piloto de 36 anos.

“Espero poder lutar de igual pra igual.

“É verdade que não ganho desde 2006, mas acho que poderia ter quatro ou cinco títulos já, incluindo um recentemente”, disse Alonso sem mais detalhes.

Alonso está mais otimista e relação a 2018 depois que a McLaren decidiu pela quebra com a Honda e mudou-se para a francesa Renault.

“Já estou ansioso para testar o motor Renault”, disse Alonso.

“Foi muito frustrante e tive que ter muita paciência. Mas acho que seremos muito competitivos no próximo ano.

“Nós vimos no México que (Max)Verstappen conseguiu fazer uma ótima corrida com o motor Renault”, acrescentou.

Perguntado se ele acredita que a McLaren pode repetir o que a Red Bull vem fazendo com a Renault, o espanhol respondeu: “É difícil saber porque não temos como comparar, mas o sentimento é bom.

“Por fora, o motor parece bom. Nas últimas corridas, introduzimos peças aerodinâmicas e funcionaram bem, então temos todos os ingredientes para sermos competitivo no próximo ano”.

Perguntado se seria o suficiente, Alonso acrescentou: “Espero que possamos competir com Hamilton pelo título na próxima temporada”.