Bottas espera apoio dos finlandeses em Budapeste

Antes do Grande Prêmio da Hungria, Valtteri Bottas, da Williams, disse que correr em Hungaroring é como correr em seu país de origem, com todas as bandeiras finlandesas sendo acenadas.

Depois de sofrer uma queda recente no desempenho, apesar de ser cotado para disputar com a Mercedes e Ferrari antes do início da temporada, Bottas está desesperado para voltar aos pontos, já que ele e Felipe Massa só conseguiram dois pontos nas duas últimas corridas.

Na corrida deste fim de semana, o finlandês admitiu que a pista em si seja um grande desafio, mas está confiante de que a Williams pode preparar um bom carro antes de sexta-feira.

“O Hungaroring é provavelmente a pista mais intensa em comparação com os outros eventos da temporada”, disse Bottas. “É muito mais estreita, com muitas curvas de baixa velocidade e uma pista muito técnica para dirigir, então definitivamente não é a mais fácil”.

“A corrida em Budapeste cai no verão e normalmente é muito quente. É apelidada de ‘Grande Prêmio da Finlândia’ porque pode haver dezenas de milhares de finlandeses na corrida”.

“Eu realmente aprecio ver a bandeira finlandesa e sentir esse apoio”.