Bandeira quadriculada erroneamente prematura encerra GP do Canadá duas voltas antes

O resultado do Grande Prêmio do Canadá foi registrado com 68 voltas depois que a modelo Winnie Harlow deu prematuramente a bandeira quadriculada.

A bandeira quadriculada começou a ser dada duas voltas antes do final, mas, devido ao erro, a FIA registrou os resultados na volta 68 em vez de quando a bandeira quadriculada acenou novamente na hora correta, ao fim da volta 70.

» De ponta a ponta, Vettel vence no Canadá e assume a liderança do campeonato
» Modelo que deu bandeirada antes da hora esclarece que foi instruída incorretamente

Esta não é a primeira vez que isso aconteceu; o Grande Prêmio da China de 2014 também foi reduzido em duas voltas porque a bandeira quadriculada foi acidentalmente dada cedo demais.

Em 2002, no Grande Prêmio do Brasil, a lenda do futebol Pelé esqueceu completamente a bandeira quadriculada.

O encerramento prematuro do GP do Canadá não afetou o resultado, sem ultrapassagens nas últimas duas voltas.