Assento de Grosjean não está sob ameaça após incidentes em Baku e Barcelona

Romain Grosjean não será demitido pela Haas apesar de seus problemas recentes. Isso de acordo com Gunther Steiner.

Grosjean chegou em Mônaco na quarta-feira, enfrentando uma penalidade de três posições no grid, após causar uma colisão na primeira volta do GP da Espanha.

Foi o segundo acidente recente com o francês também se retirando em Baku quando bateu no muro enquanto a corrida estava com Safety Car.

Seus incidentes levaram a especulações de que seu assento de corrida na Haas poderia estar sob ameaça. Steiner disse que não é o caso.

“Nem falamos sobre isso”, disse o chefe da Haas ao ‘Motorsport.com’. “Quando alguém tem duas corridas ruins, não faz sentido começar rumores ou começar a fazer coisas sobre isso.

“A única coisa que precisamos fazer é levar Romain de volta para onde ele é capaz de competir – todos nós sabemos que ele é um cara muito capaz.

“Eu não sou uma pessoa que, quando alguém está de joelhos, eu tento chutá-lo, isso é injusto. Ele sabe melhor do que todos nós o que não fazer, (depois) Baku e Barcelona.

“Mas isso pode acontecer de novo? Sim, poderia. É Monte Carlo. Mas só para acabar com os rumores, nunca houve conversa sobre isso.”