Arrivabene faz piada com rumores sobre a sua demissão da Ferrari

Maurizio Arrivabene rebateu as especulações de que ele poderia ser demitido do seu cargo de chefe da equipe Ferrari em meio à crescente pressão na equipe italiana. A escuderia ainda não obteve uma vitória nesta temporada e tem 33 pontos a menos do que seu desempenho nas quatro primeiras etapas de de 2015.

O presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, deixou claro que espera vitórias nas próximas corridas, levando à especulação na imprensa italiana de que Arrivabene poderia ser substituído se a equipe não progredir.

O diretor técnico da Ferrari, James Allison, é apontado como um substituto em potencial, assim como Aldo Costa, projetista-chefe da Mercedes, e James Key, diretor técnico da Toro Rosso.

“Eles (imprensa) falaram sobre James, sobre Aldo Costa, mas se esqueceram de um nome: Tyrion Lannister”, disse Arrivabene à Sky Sports, fazendo referência a um dos personagens principais da série de TV Game of Thrones. “Esse é um candidato real e eu estou surpreso que eles não mencionaram o seu nome! Eu não comento especulações como esta, ok?”

A Ferrari tem feito uma série de mudanças radicais no seu carro este ano na busca de desempenho, mas Arrivabene admitiu que não tem sido suficiente para bater a Mercedes. “Temos um programa de desenvolvimento, trabalhamos muito duro e assumimos grandes riscos no início da temporada. Nós também tivemos um pouco de má sorte, sendo honesto, mas eu já disse muitas vezes que esta Mercedes é a equipe mais forte dos últimos dez anos”, opinou.

“Para ser capaz de vencê-los você precisa assumir alguns riscos e você precisa trabalhar muito duro. Eu estou falando sobre isso com respeito por eles, mas com determinação de que podemos alcançá-los”, concluiu o italiano.