Arrivabene admite erro na estratégia da Ferrari

O chefe da equipe Ferrari, Maurizio Arrivabene, admite que errou ao fazer chamada estratégica que tirou a vitória de Sebastian Vettel no GP do Canadá.

Vettel liderou a corrida na largada após superar ambas as Mercedes antes da curva 1, mas a equipe optou por uma parada sob um carro de segurança virtual e mudar para uma estratégia de dois pit-stops.

“Nós superestimamos a degradação dos pneus”, explica Arrivabene. “Esta foi a razão pela qual nós chamamos Vettel e esta foi a decisão errada”.

Lewis Hamilton conseguiu segurar a Ferrari depois de um ‘stint’ final de 46 voltas com os pneus macios. Vettel esteve a menos de cinco segundos da Mercedes em um estágio, mas uma série de pequenos erros de frenagens tiraram as chances de desafiar Hamilton.

“Nós não temos que fazer a história maior do que é”, diz Arrivabene. “Hoje nós cometemos um erro, mas em outras corridas todos cometem erros. O grande problema é quando você perde a vitória por causa disso”.

O segundo lugar de Vettel o empurra de quinto para o terceiro lugar no campeonato de pilotos.