Após tentativa de assalto, Pirelli cancela testes de pneus no Brasil

O teste da Pirelli planejado para essa semana em Interlagos foi cancelado, em meio a preocupações de segurança, com a fabricante de pneus sofendo uma tentativa de assalto saindo do circuito após o Grande Prêmio do domingo.

A McLaren estava preparada para ficar após a corrida para ajudar a Pirelli, como parte do programa de desenvolvimento da fabricante para 2018, mas o teste, agendado para teça-feira e quarta-feira, não vai acontecer.

Cinco incidentes envolvendo pessoal da F1 foram relatados durante o final de semana do Grande Prêmio do Brasil.

Os membros da equipe Mercedes foram roubados mediante armas de fogo quando transitavam do circuito para o hotel em um micro-ônibus na noite de sexta-fera; embora escaparam ilesos, uma arma foi mantida na cabeça de uma pessoa.

Williams, Sauber, FIA e Pirelli também sofreram assaltos ou tentativas de assalto.

“Após uma tentativa de assalto, neutralizada pela segurança da Pirelli, a uma van da Pirelli no circuito de Interlagos neste domingo –  depois de uma final de semana onde ocorreram episódios similares com outras equipes – foi decidido cancelar o teste de pneu planejado no circuito brasileiro com a McLaren”, dizia uma declaração emitida pela Pirelli.

“A decisão, compartilhada com a McLaren, a FIA e a Fórmula 1, foi feita no pensando na segurança de todo o pessoal, tanto da McLaren quanto do nosso, que iria participar do teste”.

O campeão europeu de Fórmula 3, Lando Norris, estava preparado para realizar o teste pela McLaren, mas o jovem agora vai para Macau para o Grande Prêmio deste fim de semana.