Após “falha” em Suzuka, Mercedes não está preocupada com motor de Hamilton

A Mercedes diz não estar preocupada com o problema de motor possivelmente sofrido por Lewis Hamilton durante as voltas finais do Grande Prêmio da Japão.

Na bandeira quadriculada de Suzuka, o britânico disse no rádio que, apesar de vencer a corrida, sentiu vibrações estranhas provenientes do “PU” (power unit, unidade de potência).

Mas o chefe de equipe Toto Wolff disse que existem outras explicações para o suposto problema.

“Desde o início, Lewis pilotou muito suavemente, poupando motor e pneus, mas, perto do final, houve dificuldade”, disse ele.

“Não foi um problema, apenas os pneus não começaram imediatamente a funcionar após (a saída) o carro de segurança virtual”.

Hamilton também disse que não está preocupado, apesar de admitir fazer a reclamação pelo rádio sobre o motor.

“Eu senti algumas coisas, então eu apenas apontei qualquer coisa que eu pudesse me esquecer depois”, disse o britânico.

“Sinceramente, não acho que haja nada de errado com o motor. Você faz muitas mudanças diferentes e o turbo faz barulhos estranhos e vibrações diferentes, então eu não acho que seja nada”.