Apenas em 12º, Magnussen destaca pontos positivos da Haas

Kevin Magnussen (Haas) – 12º lugar
“Eu senti a Toro Rosso bater no meu pneu na largada, mas nada aconteceu. Felizmente, não houve furo. Eu simplesmente não melhorei na primeira volta. Vai ser sempre difícil quando você larga com a estratégia inversa no pneu mais duro. Esse primeiro stint me manteve fora dos pontos. O ritmo foi bom no carro, eu só tive que fazer um longo stint nos pneus e esperar que os caras na frente pararem e, em seguida, fazer bons tempos de volta. Melhorei um pouco no final, mas não foi suficiente. Sempre que você está lutando fora dos pontos, nunca é muito interessante. Ainda assim, vou aceitar os pontos positivos. Fomos rápidos e tivemos um bom ritmo na corrida.”