Andretti quer Alonso correndo a Indy 500 em 2018

Um dos grandes feitos do automobilismo este ano foi Fernando Alonso, ignorar Mônaco para correr nas 500 Milhas de Indianápolis. Pilotando pela equipe Andretti em parceria com a McLaren, provou ser uma jogada bastante popular.

O espanhol afirmou que quer volta e tentar novamente enquanto espera completar a tríplice coroa (GP de Mônaco de F1, Indy 500 e 24 Horas de Le Mans), mas com a McLaren agora mudando para os motores Renault, poderia fazer com que suas chances de correr lá em 2018 sejam muito mais complicadas.

Michael Andretti deu esperança de que isso ainda pode acontecer, já que afirmou que o time está trabalhando na renovação da parceria com a McLaren e Alonso para a Indy 500 no ano que vem. Ele disse à ‘Autosport’:

“Ainda existe uma boa chance de que a McLaren possa estar na Indy conosco no próximo ano, então vamos ver. Zak (Brown) está tentando colocar sua casa em ordem aos poucos, mas o plano é fazer coisas juntas no futuro, principalmente na Indy.

“Eu acho que estamos apenas esperando ‘a poeira baixar’ e tudo se ajeite na Europa e na Fórmula 1, e então espero que possamos conversar sobre ainda fazermos alguma coisa. Ainda existe uma boa possibilidade de fazemos algo juntos”.

Zak Brown confirmou o interesse da McLaren. Tivemos uma excelente experiência com a Andretti Autosport e continuamos a explorar maneiras de continuar nosso envolvimento, mas 2018 está logo aí e estamos totalmente concentrados na F1 agora”.

Claro que para isso acontecer existem diversos pequenos “problemas”. Alonso teria que ficar com a McLaren para o ano que vem, o carro teria que ser competitivo o suficiente para que Mônaco não fizesse falta (ou então muito ruim, para que Mônaco também não fizesse falta), e a Renault deveria estar bem o suficiente com Alonso para que lhe dar um carro da Honda.