Alonso pode se aposentar caso F1 não seja competitiva em 2017

Fernando Alonso admitiu que está aguardando a próxima produção de carros da Fórmula 1 para decidir se quer continuar na categoria.

O espanhol nunca escondeu que, após conquistar seus títulos em 2005 e 2006 com motores V10 e V8, respectivamente, tomou desgosto da era atual das unidades de potência e pneus Pirelli.

Portanto, Alonso está ansioso por 2017, quando espera-se que os pneus mais largos e o aumento da pressão aerodinâmica tornem os carros entre 5 e 6 segundos por volta mais rápidos.

2017 também é o último ano do contrato atual do bicampeão mundial com a McLaren-Honda.

“No momento, eu ainda me divirto pilotando”, declarou ele à ‘Sport Bild’ da Alemanha. “É a minha vida e a única coisa que posso fazer realmente bem”.

“Se os carros não forem divertidos de pilotar no próximo ano, vou mudar de categoria”, anunciou Alonso. “É uma meta minha vencer as 24 Horas de Le Mans algum dia”.