Alonso: “Falta de potência não é nosso único problema”

Fernando Alonso diz que a economia de combustível “recorde” que os pilotos da McLaren fizeram na Austrália mostrou que a falta de potência não é o único ponto fraco do novo motor Honda.

A McLaren está preparada para uma corrida muito dura na China, já que o circuito de Xangai exige mais potência dos motores do que na Austrália.

“Na Austrália, foi um recorde para nós, a economia de combustível”, declarou Alonso, que se sente ‘definitivamente pronto para uma corrida dura’ neste fim de semana.

A eficiência do sistema de combustão pacote da Honda é parece pior do que na temporada passada se comparada à suas rivais, já que Alonso estava tendo que “tirar o pé” do acelerador bem antes das zonas de frenagens para economizar combustível.

“Será um ano difícil para nós enquanto o motor não melhorar. Não é só a potência, são muitas coisas – confiabilidade, consumo de combustível, e há mais implicações porque não podemos pilotar normalmente, precisamos contornar os problemas do motor.”

“Pilotar o carro está bastante difícil no momento. Você não pode cometer nenhum erro durante toda a corrida, porque qualquer erro em uma curva o faz ser ultrapassado na próxima reta devido à diferença de velocidade, é necessário ser praticamente perfeito.”

“Não acredito que estamos em desvantagem em termos de distribuição comparado aos rivais, só temos menos potência, portanto nosso tempo nas retas é muito maior do que os outros.”