Acidente na Austrália: Magnussen afirma não ter pedido desculpas a Ericsson

Kevin Magnussen negou ter pedido desculpas a Marcus Ericsson por sua colisão no início do GP da Austrália.

O piloto da Haas atingiu a Sauber quando eles contornavam a curva 3 na primeira volta, jogando ambos os carros na caixa de brita.

Ericsson disse que os danos sofridos na batida arruinaram suas chances de ser competitivo, mas também postou um tweet no dia seguinte revelando que Magnussen se desculpara pelo incidente.

Ao ser questionado pelo site ‘Autospor’t sobre o pedido de desculpas, Magnussen disse a repórteres na China: “Não, eu não pedi”.

“Vi o tweet. Nós conversamos sobre isso no avião, mas eu não me desculpei. Não foi culpa dele – foi um incidente de corrida. Ele estava por fora, eu escapei de frente na direção dele”.

“Na verdade, foi uma saída de traseira que se transformou em saída de frente – se eu fosse ele, teria deixado mais espaço só para garantir. Eu não poderia ter feito nada diferente de qualquer modo, mas foi um incidente de corrida”.