Haryanto consegue apoio do governo indonésio e pode garantir vaga na Manor

A possibilidade de Rio Haryanto fazer sua estreia na Fórmula 1 em 2016 aumentou depois que o governo indonésio concordou em ajudar no financiamento, segundo o site holandês ‘GPUpdate.net’.

Uma carta que circulou no ano passado, divulgada pelo ministro da Juventude e Esportes Imam Nahrawi, revelou que a Manor havia solicitado 15 milhões de euros (67 milhões de reais) em patrocínio.

Haryanto havia recebido uma garantia de 5,2 milhões de euros da estatal de petróleo e gás Pertamina, sua principal patrocinadora durante toda a sua carreira. Em reunião realizada na capital da Indonésia (Jacarta) na sexta-feira, foi acordado que o governo, através do Ministério da Juventude e Esportes, financiará o restante.

“Sim, está claro agora que Rio que não tem qualquer obstáculo para se juntar à F1, com o apoio financeiro do governo e da Pertamina”, disse um porta-voz do governo.

Haryanto, 23 anos, testou na categoria no final de 2010, depois por mais dois dias em 2012 (pela então Marussia) e esteve no teste de pneus em Abu Dhabi com a Manor em 2015. Ele está na GP2 há quatro anos, sendo que no ano passado terminou em quarto com três vitórias.