Adrian Sutil deixa a sua posição de piloto reserva na Williams

Adrian Sutil não vai continuar como piloto reserva da Williams em 2016. Aparentemente o alemão está perto de assinar um acordo fora da Fórmula 1.

Sabe-se que Sutil está interessado no WEC e DTM, enquanto a Super GT japonesa também pode ter atrativos. Ele competiu numa corrida GT com a Toyota em 2006, durante sua temporada de F3 no Japão.

Sutil foi anunciado na Williams antes do GP da Malásia do ano passado. No entanto, ele já estava em conversações com a equipe antes mesmo do acidente de Valtteri Bottas em Melbourne – que forçou o finlandês a perder a corrida – e colocou um foco extra sobre a necessidade de ter um piloto reserva.

A Williams decidiu assinar com um piloto que tinha experiência de corrida e, especificamente, com o V6 híbrido, ao invés de promover a piloto de teste Susie Wolff.

Sutil esteve presente em todas as corridas fora da Europa com a Williams em 2015, enquanto ficava de prontidão em casa nos eventos europeus.

Embora ele testasse o carro no simulador, ele nunca realmente levou o FW37 à pista. Ele sempre considerou o papel na Williams como temporário, enquanto procurava outras oportunidades.

Ainda não está claro se a Williams vai contratar outro piloto experiente como reserva. Com Susie Wolff agora aposentada, Alex Lynn tem sido cotado para continuar em um papel de piloto de testes.