Raffaele Marciello abandona a Academia de Jovens Pilotos da Ferrari

Raffaele Marciello rompeu seu relacionamento com a Ferrari e também não vai mais trabalhar com a Sauber.

Com a morte de Jules Bianchi, o italiano se tornou o principal membro da academia de desenvolvimento de pilotos da Ferrari.

No ano passado, Marciello dividiu seu tempo entre a GP2 – onde terminou o campeonato em sétimo lugar – e testes na Ferrari e Sauber.

Ele inclusive participou de vários treinos livres de sexta-feira com a equipe suíça, mas a revista italiana ‘Autosprint’ reportou que ele se separou repentinamente da Ferrari.

Marciello vai continuar na GP2 este ano, mas ao ser questionado sobre o rompimento com a Ferrari, ele explicou que seu relacionamento com Maurizio Arrivabene, chefe da equipe, se deteriorou.

“Eu nunca tive um ótimo relacionamento com ele (Arrivabene)”, revelou Marciello. “Ele não me considerava adequado para a Fórmula 1, portanto acabou. Você não pode agradar a todos”.