Horner revela que Hamilton tentou trocar a McLaren pela Red Bull

Lewis Hamilton fez mais do que uma tentativa de deixar a McLaren para a Red Bull, de acordo com o chefe de equipe Christian Horner.

Em declarações à revista ‘F1 Racing’, Horner revelou que Hamilton se aproximou dele sobre um cockpit na Red Bull em 2011 e 2012, antes de fazer sua mudança para a Mercedes em 2013. De acordo com Horner, o fato de Sebastian Vettel ocupar um dos lugares impediu que isso acontecesse.

“Ele estava desesperado para dirigir para a equipe”, disse Horner. “Em 2012, ele queria vir e pilotar para nós, mas não havia nenhuma maneira de acomodá-lo enquanto Sebastian estivesse conosco. Então, antes que assinasse com a Mercedes, ele estava muito interessado em dirigir para a Red Bull para 2013?.

Horner disse que tinha desempenhado um papel importante na mudança de Hamilton para a Mercedes em 2013 e admitiu que não esperasse que a equipe fosse se tornar a força dominante que é agora.

“A McLaren tinha sido muito competitiva em 2011 e 2012 e eu pensei que provavelmente seria melhor para nós Hamilton estar na Mercedes do que na McLaren, no caso de não sermos capazes de contratá-lo. Eu incentivei Niki Lauda para assinar com ele para enfraquecer a McLaren, não prevendo que a Mercedes iria se tornar a potência absoluta que é hoje”.