Honda garante que poderia fornecer motores para uma segunda equipe

A Honda tinha capacidade para fornecer motores a uma segunda equipe da Fórmula 1 em 2016, apesar de Ron Dennis, da McLaren, ter sugerido o contrário.

“Estamos sempre abertos a fornecer motores a uma equipe cliente”, declarou Yasuhisa Arai, chefe de competição da montadora japonesa, ao site da revista britânica ‘Autosport’. “Quanto aos anos de 2017 e 2018, estamos sempre abertos”.

Arai disse que a Honda discutirá qualquer fornecimento a uma cliente com a McLaren se houver interesse.

“Não podemos entrar em detalhes do contrato, mas precisamos discutir isso como uma equipe com antecedência. Se houver um pedido ou se estivermos pensando em oferecer a uma segunda ou terceira equipes, sempre vamos discutir abertamente com a McLaren”.

Ao ser questionado se acha que o fornecimento a uma segunda equipe ajudaria a Honda, Arai disse: “Acredito que não, porque o conceito ‘tamanho zero’ é único da McLaren-Honda, portanto não sabemos se aquela unidade de potência funcionará com uma equipe cliente”.

“Uma coisa que posso garantir é que, se tivéssemos uma segunda equipe, o progresso em termos de confiabilidade aumentaria, mas não tenho certeza quanto à performance”.