Kevin Magnussen pensa em substituir piloto que se aposentar ao fim deste ano

Kevin Magnussen diz que está feroz para manter sua estreita ligação com o paddock da Fórmula 1 em 2016, com um número grande de contratos de pilotos experientes prestes a expirar ao fim deste ano.

Magnussen subiu para a Fórmula 1 com a McLaren em 2014, mas perdeu sua vaga de titular para a temporada 2015 assim que Fernando Alonso retornou, e foi depois retirado pela equipe em outubro.

Apesar do grid de 2016 estar praticamente completo, Magnussen vê chances para 2017 com Felipe Massa, Jenson Button e Kimi Raikkonen todos entrando em seu último ano de contrato.

“Em breve acontecerá algo que não acontece há muito tempo”, explicou Magnussen ao jornal dinamarquês ‘Ekstra Bladet’ sobre um possível retorno. “Vários pilotos provavelmente se aposentarão, então é importante continuar próximo da Fórmula 1”.

Desde que foi dispensado pela McLaren, Magnussen testou o protótipo campeão mundial da Porsche no WEC e o carro da Mercedes no DTM, mas admite que ainda não definiu seu futuro.

“Sinto que sairei e correrei novamente, como eu gostaria que fosse”, continuou comentando. “É difícil dizer o que será no momento, mas não importa onde eu compita, darei o meu melhor”.