Sauber teme evolução da McLaren

Erik Schuivens, engenheiro de provas da Sauber, está preocupado que a equipe suíça possa ser superada pela McLaren em 2016, se a fornecedora de motores da equipe, Honda, conseguir melhorias com sua unidade de potência.

A Sauber, depois de não conseguir marcar nenhum ponto em 2014, terminou em oitavo entre as 10 equipes no campeonato de 2015, 31 pontos atrás da Toro Rosso, e 9 à frente da McLaren-Honda.

Embora Schuivens espere que a Sauber vai continuar a lutar por pontos, ele receia um maior progresso da Toro Rosso, que trocou dos motores Renault para a Ferrari e também da McLaren.

“Espero dar um passo em frente, mas as outras equipes vão progredir bem”, disse Schuivens, que se tornou engenheiro de corrida de Marcus Ericsson para a temporada de 2015.

“A McLaren, por exemplo, já tinha um bom chassi (em 2015) e com uma unidade de potência melhor, será difícil para nós vencê-la. Esperamos estar no Q2 e Q3 de vez em quando, para que possamos marcar pontos sem depender de outros carros abandonarem. Se conseguirmos fazer isso, fizemos um bom trabalho”.

Schuivens acrescentou que a Sauber tomou uma abordagem evolutiva com seu carro novo.

“Vai ser um desenvolvimento do carro de 2015, infelizmente”, explicou. “É claro que muitas coisas sobre o carro serão novas. Mas não será uma revolução, mais uma evolução. É também por causa da situação financeira. Quanto mais dinheiro você pode gastar, mais você pode fazer”.