Toro Rosso terá que aumentar seu carro para instalar motor da Ferrari

A Toro Rosso está pronta para adotar uma maior distância entre eixos no seu carro de 2016 como resultado de sua mudança para os motores Ferrari.

O STR11 será lançado no final de fevereiro, depois da equipe modificar seu projeto após a confirmação de sua mudança para os motores Ferrari de especificação de 2015 em dezembro.

Um dos problemas que a equipe teve de enfrentar foi que o conceito da Ferrari da sua unidade de potência 059/4 e caixa de câmbio requer um espaçador para acomodar o MGU-K na parte traseira do motor.

Para acomodar isso, a Toro Rosso teve de aumentar o comprimento da sua distância entre eixos. O bico do carro, no entanto, permanecerá curto, de forma semelhante ao STR10 Renault.

O novo carro da Toro Rosso está sendo desenvolvido em sua nova base em Faenza sob a direção de um grupo de projeto operando em Bicester, perto do túnel de vento da equipe.

A antiga fábrica será usada para instalar o simulador anteriormente usado pela equipe irmã Red Bull, que é uma atualização para um novo modelo.

A Toro Rosso fará seus testes de colisão em Bollate, Milão, e acredita-se que será feito no início de fevereiro, apenas a tempo para o primeiro teste em Barcelona.