Eliminado no Q1, Sebastian Vettel isenta seu carro de culpa

Sebastian Vettel admitiu que um erro de julgamento ao invés de um problema técnico causou sua saída prematura do treino classificatório em Abu Dhabi. Vettel inicialmente tentou passar para o Q1 com os pneus macios, mas com os tempos de volta apertados, mudou para os pneus supermacios.

Vettel abortou sua última tentativa, no entanto, e ficou a 16 milésimos do tempo de corte para o Q2 em 16º, pensando que seu esforço anterior era rápido o suficiente.

O companheiro de Ferrari, Kimi Raikkonen, enquanto isto, progrediu da fase de abertura com os macios, e terminou o classificatório como o terceiro mais rápido.

“Sem problemas com o carro”, explicou Vettel aos repórteres. “Nós pensamos que seria o suficiente para chegar ao Q2 com nossa volta nos macios”.

“No final não importa. Como uma equipe não tomamos a decisão certa hoje, e isto tem uma grande consequência. Nós podemos passar muito tempo falando sobre isto, mas eu acho que sabemos, e temos que seguir em frente”.

Olhando para a corrida, Vettel espera repetir seu desempenho de 2012 em Yas Marina, quando impressionou largando do pit-lane para terminar no pódio depois de uma punição depois do treino classificatório.

“Não estou tão longe desta vez, então talvez isto ajude!”, comentou Vettel. “Esta é uma longa corrida. Veremos o que acontece com a estratégia e tudo mais. Deve ser divertido”.