Pirelli pede mais testes para 2017 e ameaça não entregar pneus

A Pirelli está aguardando o apoio do resto do paddock da Fórmula 1 antes de confirmar como vai proceder após 2016. A marca italiana já assegurou um novo contrato para 2017, 2018 e 2019, mas a categoria está planejando uma mudança de direção radical após o próximo ano, com carros bem mais velozes e agressivos.

Contudo, a Pirelli está exigindo muito mais testes antes de 2017, já que os pneus terão de ser radicalmente diferentes, capazes de produzir mais aderência e suportar cargas mais altas.

“Nossos pedidos serão atendidos, porque, caso contrário, não haverá pneus”, declarou Paul Hembery, chefe de competição da Pirelli.

“Então, teremos de encontrar uma solução, porque, sem isso, não haverá um campeonato em 2017, já que será impossível fazer o que foi pedido”.

“Existem vários problemas envolvidos – alguns políticos, outros financeiros – mas precisamos encontrar uma solução”.