Luca di Montezemolo lamenta situação “terrível” de Michael Schumacher

Luca di Montezemolo, ex-presidente da Ferrari, descreveu a situação atual de Michael Schumacher como “terrível”.

Há quase dois anos, o sete vezes campeão mundial de Fórmula 1 bateu sua cabeça em uma queda de esqui e, apesar de agora estar se recuperando em sua casa na Suíça, a condição exata de Schumacher é desconhecida.

“Michael foi fundamental para a Ferrari”, declarou Montezemolo à emissora alemã ‘RTL’. “Para mim, para as nossas vidas. Ele é uma pessoa extraordinária, que até nos momentos mais difíceis soube trabalhar em equipe. Vê-lo nessa situação é terrível”.

“É uma situação na qual você não sabe o que deveria saber. Então, eu tento relembrar os muitos grandes momentos na vida que celebramos juntos. Sempre penso nele como um piloto, um homem e um amigo excepcional”.

“Também devo dizer que admiro a coragem e a força de sua família, de Corinna e dos filhos, e como eles ajudam Michael. Do fundo do meu coração, espero ouvir boas notícias em breve”, acrescentou Montezemolo.