Hamilton elogia pilotagem de Rosberg e critica falta de ponto de ultrapassagem

Felipe Domingues, Guilherme Cardoso e Luis Fernando Ramos

INTERLAGOS – São Paulo (SP)

Logo após o pódio do GP do Brasil, penúltima etapa da temporada 2015 de Fórmula 1, que foi realizado neste domingo em Interlagos, o ex-piloto Martin Brundle entrevistou os três primeiros colocados em frente ao público brasileiro.

Lewis Hamilton tentou por diversas vezes se aproximar do seu companheiro de Mercedes, Nico Rosberg, para buscar a vitória, mas não conseguiu, acabou destruindo seus pneus e então já era tarde demais para qualquer reação.

“Eu tinha ritmo, mas não dá para ultrapassar aqui. Eu estava atrás do Nico e tinha muito tráfego, isso matou meus pneus. É uma ótima pista, mas não dá para ultrapassar. Você não consegue se aproximar do cara na frente”.

“Não dá para ultrapassar aqui”, insistiu o piloto britânico.

“Estou aqui para correr. Os dois tem de fazer a mesma coisa. Se tiver outa estratégia, legal, vamos fazer, vamos tomar à frente. “Poupe seus pneus”, não, estou correndo. Mas infelizmente não é assim”.

Hamilton encerrou a entrevista elogiando Rosberg: “Nico está pilotando muito bem e o fez de novo hoje, então, parabéns para ele”.

O piloto que havia sido originalmente escalado para fazer esta entrevista foi o ex-piloto de Fórmula 1, o brasileiro Nelson Piquet, que não compareceu, então teve de ser substituído por Brundle.